No Pain, No Gain?

Quem nunca ouviu falar “se está sentindo dor é porque o treino foi bom”. Será que de fato é necessária tanta dor e tortura para obter nossos resultados na academia?

De fato essa dor que sentimos é uma condição inevitável quando se trata de um iniciante em atividades físicas. Isso acontece porque essa ação é nova, e acaba estimulando tecidos até então desconhecidos pelo nosso corpo, com isso ativam também a dor.

Qualquer dor em nosso corpo nada mais é do que um aviso de que algo de ruim pode estar prestes a acontecer, por essa razão vamos ao médico ou descansamos após um dia intenso.  A dor após um exercício físico é um indicador de que você precisa de descanso, caso contrário poderá sofrer uma lesão mais grave. Sim! Nosso corpo precisa de descanso para que os resultados surjam!  A dor irá sim acontecer, porém devemos nos alertar se ela se prolongar. Ao longo do tempo, quando seu corpo se acostumar com o estímulo, ele entenderá que aquele exercício não te machuca e você não irá se lesionar. Por esse motivo que depois de um tempo na academia paramos de sentir aquela dorzinha no dia seguinte.

“Mas Larissa, eu preciso sentir dor para emagrecer?”

Não, não é necessário!

Existem milhares de exercícios e métodos diferentes para os mais variados biotipos de pessoas. Você pode muito bem fazer exercícios que não te causem dor nenhuma, e tudo bem. Assim como praticar 30 minutos de exercício intenso ou 2 horas de exercício leve causam praticamente o mesmo resultado.

O que mais importa para quem está começando é a regularidade, e acima de tudo, sua preferência tanto por qual exercício fazer quanto para a intensidade (se gosta de sentir dor ou nao). Então, você, que está começando ou quer começar a praticar exercícios físicos, procure seu profissional de educação física e peça para ele aplicar o “Questionário de Preferência e Tolerância da Intensidade de Exercício”, assim facilitará sua aderência para haja uma qualidade de vida cada vez melhor!


Larissa Basso
Personal e Coach Esportivo
CREF 155196-G/SP