Preferência

Quantas vezes você já se pegou indo a academia por pura pressão? Quantas vezes você já desistiu de um programa de treinamento, quando na verdade nem gosta do local, nem das pessoas e nem do que faz lá?  Várias nao é mesmo? Esses fatores indicam que você não faz atividade física por prazer, e sim porque é obrigado.

É comum que profissionais da área da saúde indiquem aos seus clientes sempre as mesmas atividades como musculação, natação, pilates. Mas a sociedade precisa saber que não existem só essas atividades, o mundo do exercício físico é muito amplo.         

Do que adianta você começar em uma atividade na qual não gosta, e nao ter regularidade na mesma? O segredo da atividade física está na aderência. Se você gosta de caminhada, se sente bem fazendo, torne-a rotineira. “Ah, mas eu já fiz vários tipos de atividade fisica e nao gostei de nenhuma!!” Eu duvido que tenha praticado todas!! Danças, pular corda, ginástica, esportes coletivos, esportes individuais, esportes radicais, circo, lutas, patins, slackline.. existem milhares de atividades e dentro delas milhares de métodos de se trabalhar.

O corpo humano foi criado para estar em constante movimento. Uma vez que atividades físicas são impostas a nós em nossa infância, esta se tornará muito mais que uma atividade de lazer, será sua válvula de escape dos estresses diários, podendo se tornar até um vício, um vício que só te trará benefícios. Por isso, procure sempre um profissional capacitado para que ele possa lhe mostrar as mais diversas maneiras de você ir muito além de cuidar da sua saúde física, mas sim SER FELIZ se movimentando!

Larissa Basso
Personal e Coach Esportivo
CREF 155196-G/SP

One thought on “Preferência

  • 27 de junho de 2019 at 16:23
    Permalink

    No meu caso, amo dançar. Na verdade considero como lazer em primeiro lugar. É minha válvula de escape do stress do dia a dia.
    Acredito também que cada um pode encontrar algum tipo de exercício que goste e encaixar em sua vida como um hobbie.
    Assim podemos fazer exercícios de uma forma mais natural, nem aquela pressão que desmotiva.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *