Inteligência Emocional, você tem?

Recentemente li um livro, talvez o décimo dos dezesseis que já devorei este ano, que em seu conteúdo e foco principal afirmava que qualquer pessoa pode ser inteligente. Na verdade e fazendo uma alusão a Anton Tchecóv, a afirmação que ” O ser humano é o que ele acredita” é a mais correta.

Desta forma e considerando a grande quantidade de informação disponível no dia de hoje, tanto de forma paga como também pública e livre, principalmente através dos meios eletrônicos cada vez mais acessíveis, qualquer um, bastando para isso querer e acreditar, procurar e se desenvolver.

São muitos os exemplos de pessoas nos dias de hoje que saíram do nada para grandes carreiras ou sucesso como empreendedores. São personagens que vem à mídia a todo momento através de cases e histórias de sucesso, muitos deles testemunhando pessoalmente sua luta e labuta, através de muito esforço e dedicação, estudo e busca de conhecimento.

Neste sentido também haverá sempre a busca do autoconhecimento, permitindo que a Inteligencia Emocional evolua juntamente com a inteligência do conhecimento. Nenhum grande sucesso virá caso não haja um controle efetivo das emoções, quer sejam elas positivas quanto aos relacionamentos sociais, profissionais ou afetivos, ou mesmo aquela emoções negativas que sendo auto-conhecidas poderão ajudar no convívio com os grupos que cada pessoa participa.

Quer conhecer um pouco mais de cada pessoa e se ela tem ou não uma INTELIGÊNCIA EMOCIONAL apurada? Veja abaixo uma descrição simples de cada tipo.

BAIXA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

  • Agressivo
  • Exigente
  • Mandão
  • Egoísta
  • Distraído
  • Impulsivo
  • Resistente a mudança
  • Indiferente
  • Teimoso
  • Lento
  • Crítico
  • Exigente
  • Perfeccionista

ALTA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

  • Assertivo
  • Ambicioso
  • Motivado
  • Caloroso
  • Entusiasta
  • Sociável
  • Persuasivo
  • Paciente
  • Sociável
  • Consistente
  • Detalhista
  • Cuidadoso
  • Organizado

Analise e perceba como as pessoas ao seu lado são, mas prioritariamente perceba em você mesmo se você é ou não Inteligente Emocionalmente. Acredite, quanto mais você exercitar seu autoconhecimento melhor controlará suas emoções e desta forma evitará transtornos de relacionamento, por vezes, sem solução.

Valmir Basso
Escritor e Master Coach ( Life, Profissional e Vocacional)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *